Chama a neosa: Discussões acerca da ética na publicidade de medicamentos e a medicalização da sociedade brasileira.

Autor: Mirian Aranha Sampaio.

Monografia apresentada por Mirian Aranha Sampaio, matrícula 21030106, como requisito obrigatório para obtenção do título de Bacharel em Comunicação Social ─ habilitação Publicidade e Propaganda.

Orientador: Prof.ª. Drª. Ana Paula Bragaglia.

RESUMO

O presente trabalho monográfico busca refletir acerca do fazer publicitário no campo da publicidade de medicamentos, compreendendo suas implicações éticas diante do processo de medicalização da sociedade contemporânea. Para tanto, foi realizado estudo de caso de peças publicitárias do analgésico Neosaldina na rede social digital Facebook, observando as peculiaridades do discurso utilizado e suas produções. Após o processo de análise dos dados e pesquisa histórica sobre o campo da publicidade de medicamentos, evidenciou-se o uso de estratégias de marketing de produtos diversos replicados na promoção de venda de substâncias químicas industrializadas de uso clínico. Constatou-se, inclusive, a utilização desta lógica a partir da mudança de posicionamento estratégico adotado para a Neosaldina em momento de queda de vendas.

Palavras-chave: Publicidade; Medicamento; Ética; Medicalização.

TCC – MIrian Sampaio


Crime contra o Direito Autoral, previsto nos Artigos 7, 22, 24, 33, 101 a 110, e 184 a 186 (direitos do Autor formulados pela Lei 9.610/1998) e 299 (falsidade ideológica).