Publicidade ou Arte? Processos criativos, arte e intermidialidade na comunicação publicitária.

Autor: Érico Moraes Silva de Andrade.

Monografia apresentada ao Curso de Graduação em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda da Universidade Federal Fluminense, como requisito parcial para obtenção do Grau de Bacharelado.

Orientador: Prof.ª. Laura Bedran.

RESUMO

Este trabalho investiga processos criativos a partir dos rastros históricos que estes sugerem, enxergando-os como potencial gerador de novidade. Observando suas manifestações em diferentes esferas e modalidades culturais, bem como sua atuação sobre o desenvolvimento tecnológico e artístico, buscar-se-á compreender, como tais processos se desenrolariam no âmbito das comunicações. Desse modo, arte e publicidade, fenômenos intrinsecamente ligados à experiência criativa, serão articulados, a fim de verificar quais contornos os aproximariam.
Este percurso aponta para uma possível convergência entre campos que, embora possuam colocações distintas, se aproximam ao se orientarem a partir da atuação criativa. Assim, arte e publicidade, fenômenos aparentemente paralelos, serão verificados, relacionados e mapeados, partindo da hipótese que, enquanto instrumentos de comunicação, possuem caminhos oblíquos que se entrecruzam e assumem formas híbridas, carregadas de intermidialidade.

Palavras-chave: Criatividade; Publicidade; Arte; Intermidialidade.

TCC – Érico Moraes


Crime contra o Direito Autoral, previsto nos Artigos 7, 22, 24, 33, 101 a 110, e 184 a 186 (direitos do Autor formulados pela Lei 9.610/1998) e 299 (falsidade ideológica).