A “mulher contemporânea” na imprensa feminina: análise do discurso da revista Marie Claire.

Autor: Luciana Pacheco Roza da Cunha.

Monografia apresentada ao Curso de Graduação em Comunicação Social – Jornalismo da Universidade Federal Fluminense, como requisito parcial para obtenção do Grau de Bacharelado.

Orientador: Prof.ª. Carla Baiense Felix.

RESUMO

Diante das recentes transformações e questionamentos acerca dos papéis de gênero nas sociedades ocidentais, e considerando a importância da imprensa feminina como disseminadora de valores e ideias de uma época, o presente trabalho busca analisar a construção de representações de mulher em um dos expoentes da imprensa feminina brasileira na atualidade, a revista Marie Claire. Apoiado nos conceitos e reflexões teóricas da Análise do Discurso de linha francesa, pretende apresentar uma análise de como a “mulher contemporânea” é definida em Marie Claire e em que medida essa representação rompe com o já-dito da imprensa feminina tradicional. Percebe-se que o ideal de mulher projetado pelo discurso da revista de fato distancia-se dos modelos de submissão de outras épocas, mas apenas na medida em que incorpora os novos ideais de sujeito do mercado globalizado.

Palavras-chave: mulher contemporânea, Marie Claire, análise do discurso, identidade feminina.

TCC – Luciana Pacheco


Crime contra o Direito Autoral, previsto nos Artigos 7, 22, 24, 33, 101 a 110, e 184 a 186 (direitos do Autor formulados pela Lei 9.610/1998) e 299 (falsidade ideológica).