Merchandising Social e Telejornalismo: como a ficção pauta a realidade. Estudo de caso da novela Salve Jorge.

Autor: Mariana de Carvalho Ghetti.

Monografia apresentada ao Curso de Graduação em Jornalismo da Universidade Federal Fluminense, como requisito parcial para obtenção do Grau de Bacharel.

Orientador: Prof.ª. Dr.ª. Renata de Rezende Ribeiro.

RESUMO

O presente trabalho analisa a relação do merchandising social, constituído por inserções intencionais de ações sociais nas obras ficcionais televisivas, com a produção telejornalística, a fim de observar de que forma a ficção pauta a realidade. Para isso, utilizamos a telenovela Salve Jorge, da Rede Globo, como estudo de caso e elaboramos uma pesquisa empírica que aponta a quantidade de notícias sobre o tráfico humano – tema social do objeto escolhido – no período de recorte de seis meses antes, durante e após a sua exibição. Para realizar a análise, passamos por um percurso bibliográfico em que foram utilizados estudos sobre a estrutura dos gêneros televisivos; os conceitos de ficção e realidade, assim como as características do telejornal e da telenovela.

Palavras-chave: merchandising social, telejornalismo, telenovela, ficção, realidade; Salve Jorge.

TCC – Mariana Ghetti


Crime contra o Direito Autoral, previsto nos Artigos 7, 22, 24, 33, 101 a 110, e 184 a 186 (direitos do Autor formulados pela Lei 9.610/1998) e 299 (falsidade ideológica).